O Hospital 28 de Agosto, no Centro-Sul de Manaus, ficou totalmente alagado durante forte temporal no domingo (14).

Imagens e vídeos registrados por pacientes e divulgados pelo Sindicato dos Médicos do Amazonas mostram lixeiras cheias de restos hospitalares sendo usadas para conter goteiras que surgiram do forro.

O hospital é um dos maiores da cidade e enfrenta uma superlotação nas unidades de terapia intensiva (UTI).

Em nota a Secretaria de Estado de Saúde lamentou ocorrido e disse que a situação foi resolvida.

De acordo com a direção do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, a força da água da chuva quebrou um dos canos da unidade hospitalar causando a alagação da laje e, consequentemente, goteiras em uma área de pacientes não Covid-19.

Os pacientes foram remanejados e o foi cano consertado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome